terça-feira, 27 de março de 2012

Presságio


Salvador, minha agenda , dia 09 de março de 2012

Hoje aconteceram os fatos mais surpreendentes.
Foi um dia de dor indescritível.
Foi tudo que não acreditei que poderia acontecer.
Minha vida foi dividida hoje.

Naquele dia era um presságio. Hoje escutava alguém falar e... Epifania! A mente voltou e procurou, procurou. Encontrei! Corri e confirmei. Quatro meses separam do que era um sentido para o que provou ser uma verdade. Naquele dia a escolha foi culpa minha. Solidão absoluta que me fez escolher livremente. Talvez nem seja solidão a palavra, mas uma ruptura com o passado. Ponto final. Não tinha mais ‘e se’ com história alguma. Eu tinha todos os pontos finais e foi assustador a princípio. Agarrar-me a que, a quem? Olhei ao redor e não havia nada nem ninguém além de mim. Abracei-me compassivo e, pela primeira vez, senti-me. E então escolhi, sem pesar, e nem pedir desculpas (o maior de todos os alívios!). Libertei-me de uma época, do antes e do depois de minha vida. E embora para quem esteja perto possa nem estar aparente, (o que é facilmente explicado: todos os que estão perto advieram dos últimos 3 anos) minha vida foi dividida. Vejo enorme beleza nisso tudo hoje. Aliás, vejo uma singularidade incrível. O passado hoje é uma recordação que não dói e não me pede mais nada. Não sai de mim, mas não me prende a ele. Consciência tranqüila, coração aberto. Hoje me sigo e não me persigo. Meus limites se mostraram minhas possibilidades. Jamais seria possível relatar o que aconteceu neste período de 3 anos, mas foi o tempo que eu pedi ou que me deram. E minha determinação mostrou-se mais uma vez maior que as desculpas. Então, três anos se passaram, hoje a grande epifania piscou para mim e me trouxe um sorriso. Se é verdade que as coisas muito boas precedem coisas muito ruins, a recíproca deve ser verdadeira. Se tudo, fora de mim, está em desordem, o mundo de cabeça para baixo, as emoções todas libertinas, então eu abro meus braços e meu coração para o que está por vir. Algo muito bom deve estar para acontecer.


2 comentários:

  1. Sem duvida alguma. Algo maravilhoso acontecera. Longa metamorfose. Enfim, o vôo da matura idade, separado mesmo. Bjs

    ResponderExcluir